Margaret River ao oeste da Austrália, o requinte em altas ondas

WA_Margaret_RiverCercada por florestas de árvores altas e pelo mar, essa região produz excelentes vinhos e alimentos, além de oferecer um cenário único. Com muitos vinhedos de primeira classe e restaurantes premiados, ao oeste da Austrália, o Rio Margaret fica a aproximadamente 270 quilômetros ao sul de Perth (capital) . Esse paraíso culinário é também um paraíso natural de cavernas subterrâneas, praias selvagens de areia branca, imponentes florestas de karri e trilhas para caminhadas. No sudeste da Oeste da Austrália há a longa extensão de praias com baleias, golfinhos e tubarões (isso mesmo, tu-ba-rões), e em uma curta distância você pode surfar, pescar e nadar. Os tubarões são sempre uma ameaça naquela região do litoral australiano e os relatos volta e meia surgem ainda mais quando quem está na água são alguns dos melhores surfistas do mundo – toda atenção é pouca.

Dia sem onda em Margaret River, mas com vinho e arte

A etapa de Margaret River já foi uma das etapas mais conhecidas do circuito. Esta esquerda, que aguenta grandes ondulações, já foi palco de grandes vitórias e grandes derrotas para muitos dos melhores surfistas do circuito. Considerada uma onda temperamental, que oscila de condições clássicas com vento terral e tubos perfeitos, a muito vento e fechadeiras indigestas.

Joel-Parkinson-5-Margaret-River-Pro-PHOTO-ASP-Kelly-Cestari-The Box

Os tubos da bancada conhecida como The Box passam a quebrar com perfeição quando a ondulação fica bem de sudoeste. Vale lembrar que esse tipo de ondulação faz com que a bancada de The Box, bem ao lado do pico principal do campeonato, conhecido como Surfers Point, quebre com perfeição podendo presenciar um show de tubos.

 

Prevelly-beach-near-Margaret-River

Taj_Burrow_JOHN_Barton

Gnarabup-Beach-Margaret-River-WA

2013-10-25

as_surf_northpoint_setup_2048North Point

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *