Saiba quem foram os campeões em Bells Beach, WSL 2015

bells beah rip curl pro 2015Imagem: WSL

Para quem não companhou as últimas notícias sobre o maior campeonato mundial de surf, o WCT, e não está por dentro de quem balançou o sino nesta terceira etapa de 2015 em Bells Beach – uma das provas mais tradicionais do circuito –  compartilhamos este artigo para lhe manter sobre tudo que aconteceu.

Devido as más condições climáticas, essa etapa se estendeu pois não houveram ondas boas suficiente para atender o padrão WSL (a natureza não contribui para isso). Este CT#2 Rip Curl Pro Bells Beach iniciou-se em 01 e foi até 12 de Abril.

COMPETIÇÃO MASCULINA

Competições apertadas desde o começo. Brasil representado pelos meninos do Brazilian Storm em peso,  Gabriel Medina, Adriano de Souza (Mineiro) Filipe de Toledo (Filipinho),  Miguel Pupo, Jadson André, WiggollyDantas, Italo Ferreira, competindo com grandes nomes do surf mundial Kelly Slater e Mick Fanning, entre outros diversos atletas e promessas. Entre as disputas os brasileiros Medina e  Mineiro se destacaram e chegaram até as finais (no detalhe: Medina eliminou Kelly Slater na primeira bateria da 5a. Rodada). Abaixo um overview do que rolou nas rodadas finais. Final muito boa com Fanning e Mineiro, e com resultados super apertados, Fanning levou a melhor. Além de balançar o sino em Bells Beach, disputa a liderança do ranking mundial e mantem-se empatado com o brasileiro Filipe Toledo.

bells beach fanning mineiroImagem: WSL

mick fanning bells beachImagem: WSL

COMPETIÇÃO FEMININA

Ao contrário do circuito masculino onde há grande ícones e grande ‘ equipe’  brasileira, na competição feminina é difícil apontar favoritas ao título diante de tantos talentos e histórico equilibrado.

A maior campeã da história do WSL (antiga ASP) de Bells é a norte-americana tetracampeã mundial Lisa Anderson , que já venceu o evento quatro vezes. As expectativas para essa temporada ficou para Stephanie Gilmore, onde ela poderia igualar a marca de vitórias de Lisa. A hexacampeã mundial já faturou a prova 3 vezes, em 2007, 2008 e 2010.

De outro lado defendendo a bandeira brasileira, a cearense Silvana Lima foi a primeira brasileira da história a vencer essa prova. O feito aconteceu em 2009 e na ocasião Silvana desbancou Stephanie Gilmore numa bateria de tirar o fôlego. Silvana chegou em Bells embalada por sua performance na primeira prova do ano, na qual ficou em quinto lugar, e com muita garra tentou mais uma vitória. Mesmo com boa pontuação no decorrer das baterias, infelizmente não conseguiu ir para as quartas de final. Na quarta etapa perdeu para a americana Lakey Peterson, precisando de 9.27 pontos.

Final eletrizante e difícil entre Carissa e Gilmore, devido as condições do mar. As escolhas das ondas certas foi super crucial para a pontuação de cada um. Carissa acabou levando a melhor e balançou o tão disputado sino de Bells Beach, e mantendo a liderança isolada no ranking mundial.

 

carissa moore stephanie gilmore bells beachImagem: WSL

Parabéns para os campeões dessa etapa, e vamos com força total para Margaret River.

ALOHA!

* Fontes: WSL, Canal Woohoo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *